domingo, 13 de agosto de 2017

FELIZ DIA DOS PAIS!

Dalton Vigh sobre os filhos gêmeos: "Descobertas diárias"

Ator é pai dos pequenos David e Arthur, de 1 ano

 



Dalton Vigh, 53 anos, comemora o Dia dos Pais neste domingo (13) cheio de orgulho dos pequenos David e Arthur, de 1 ano, completados em julho.
Como no ano passado ainda eram recém-nascidos, o ator avalia o que mudou entre o Dia dos Pais do ano passado e o de agora. "A interação foi aumentando do ano passado para cá. Quando bebês, nos primeiros meses, a gente não tem tanta resposta. Agora, com 1 ano, já funciona de outro jeito, todo dia é uma descoberta. Eles aprendem coisas novas e é uma fase muito legal, com descobertas diárias."

Dalton admite que a corujice está presente na relação com os meninos. "Sou pai coruja. A relação de pai e filho é especial. Sou muito coruja mesmo", afirma.
Ainda neste ano, o ator entra em cartaz com o filme A Comédia Divina, previsto para chegar aos cinemas a partir de 19 de outubro, e volta à TV com a próxima temporada de O Negócio, na HBO.

Fonte: Quem

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Entrevista

O período sabático do ator Dalton Vigh

Ator curte os filhos enquanto aguarda estreia de novo filme e de série de TV


Dalton Vigh, aos 53 anos, curte as descobertas da paternidade de gêmeos. / Foto: Renato Rocha Miranda/TV Globo
Dalton Vigh, aos 53 anos, curte as descobertas da paternidade de gêmeos.
Foto: Renato Rocha Miranda/TV Globo


Desde o dia 4 de julho de 2016, quando seu personagem Raposo foi assassinado na novela das onze Liberdade, Liberdade da TV Globo, Dalton Vigh, oficialmente, não dá o ar de sua graça nas telinhas. Mas foi por uma boa causa: o ator de 53 anos está aproveitando um pouco da paternidade de primeira viagem ao cuidar dos gêmeos Arthur e David – fruto de seu relacionamento com a também atriz Camila Czerkes. Entretanto, o artista prepara sua volta ao showbiz com projetos na televisão, teatro e também nos cinemas.
Em entrevista ao Jornal do Commercio, o ator explica um pouco desse tempo que deu na teledramaturgia: “O que aconteceu foi que o término de minha participação como Raposo coincidiu com o nascimento dos nossos filhos, com isso resolvi tirar um período sabático pra ficar lambendo as crias”, disse.
Muito antes de viver o Raposo, o carioca Dalton Vigh de Sousa Vales se formou em Publicidade pela Universidade Metodista de São Paulo, mas não seguiu a profissão e preferiu investir na carreira de ator. O primeiro trabalho de Dalton na televisão foi na novela Tocaia Grande, da extinta Rede Manchete, em 1995. E foi vivendo o Tomás na novela Pérola Negra (1998), no SBT, que ele ficou conhecido do grande público.
Já na TV Globo, teve personagens marcantes em O Clone (2001), A Casa das Sete Mulheres (2003) e O Profeta (2006). Em seguida, viveu Marconi Ferraço em Duas Caras (2007), do dramaturgo pernambucano Aguinaldo Silva, quando um papel lhe chamou a atenção. “O personagem que mais se aproximou de mim foi um que não interpretei, que era o filho do Ferraço em Duas Caras. Ele viu os pais voltarem a se relacionar, e isso me arremeteu à minha infância, quando meus pais tentaram uma reaproximação”, relembrou o ator.

PROJETOS

Em breve, Dalton Vigh aparecerá nas telonas em Nada a Perder, a cinebiografia do polêmico bispo Edir Macedo, dono da Record TV. O artista explicou os motivos que o levaram a aceitar o papel, que será um juiz antagonista da história: “Em todo trabalho que faço, o que pesa na hora da escolha são a história a ser contada e o personagem. Nesse caso, se trata de um dos vilões, e achei o personagem bem interessante num roteiro bem escrito”, justificou. Além deste longa, ele também estreia no 19 de outubro, ao lado de Monica Iozzi, no filme A Comédia Divina.
O ator também disse ao JC está atento à nova geração de atores que estão surgindo atualmente: “Muitos novos talentos têm surgido nos últimos anos, dentre vários, destaco o Chay Suede, o João Cortes e a Luisa Arraes”, menciona.
Longe dos sets de novelas, mas em cartaz no teatro em São Paulo, ao lado de sua esposa, Dalton não consegue definir onde fica mais à vontade. “O que mais me deixa à vontade é o ambiente de trabalho, seja na TV ou no teatro. Um set ou um palco onde as pessoas trabalham estressadas não deixa ninguém à vontade”, determina.
A volta de Dalton Vigh às telinhas será na TV fechada, na última temporada da série O Negócio, do canal HBO. As gravações terminaram no mês de maio e, até a estreia, o ator vive cada vez mais a alegria de sua paternidade. “A maior descoberta [de ser pai] é que nunca é tarde para se fazer novas descobertas”, derrete-se.
Sucesso na televisão, teatro e no cinema, o artista espera continuar fazendo o que gosta por muito tempo. “A expectativa é de continuar me encantando por novos personagens e continuar fazendo trabalhos bacanas, pois o maior sonho de todos realizei há um ano, quando nasceram David e Arthur”, finalizou.

Fonte: Jornal do Commercio

segunda-feira, 31 de julho de 2017

A Comédia Divina: Dalton Vigh e Mônica Iozzi se divertem nas gravações


‘A igreja do diabo’ 
Mônica Iozzi e Dalton Vigh se divertem durante as gravações do filme “A comédia divina”, que tem estreia marcada para 19 de outubro. O longa é uma sátira baseada no famoso conto “A igreja do diabo”, de de Machado de Assis.

Fonte: Ancelmo Gois/O Globo

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Peça estrelada por Dalton Vigh tem temporada prorrogada

Dalton declarou: "É assustador ver como as pessoas não sabem nem escrever, nem ler"



 

A temporada do espetáculo "Uma peça por outra", estrelada pelo ator Dalton Vigh, foi prorrogada devido ao sucesso em São Paulo. 
A história fala sobre os desafios da comunicação entre as pessoas, que as vezes nem terminam uma frase e o interlocutor já interrompe e acha que sabe o que está sendo falado. "Acho que hoje em dia a comunicação está mais comprometida do que nunca. Nesse tempos de internet é assustador ver como as pessoas não sabem nem escrever, nem ler... é só dar uma olhada nos comentários de notícias, de vídeos e das redes sociais. As pessoas estão mais preocupadas em emitir uma opinião mesmo sem ter pleno (ou mesmo qualquer) conhecimento do assunto em questão, a impressão que tenho é que todos querem falar mas ninguém quer ouvir, aí não existe comunicação, existe só ruído", opinou o ator.
Em cartaz no teatro Nair Bello, Dalton também poderá ser visto nas telonas, no longa "A comédia divina", que tem estreia nacional em outubro. 

Fonte: Heloisa Tolipan/Jornal do Brasil

domingo, 4 de junho de 2017

Dalton: "Teatro, para mim, é esporte radical"

Ator comemora o sucesso do espetáculo "Uma Peça por Outra" e a parceria com Camila Czerkes, sua esposa e companheira de cena.



 




Em cartaz desde março com "Uma Peça por Outra", Dalton Vigh vive um momento especial. Primeiramente pelo sucesso da peça, que ganha nova temporada em São Paulo, a partir do dia 9 de junho, no teatro Nair Bello. E, também, ainda mais importante: ele se tornou pai dos gêmeos David e Arthur, de quase um ano de idade.

Se não bastasse a luz própria de cada novidade, elas se misturam no palco. A sua esposa, a atriz Camila Czerkes, atua na mesma peça, dividindo os holofotes e o tempo longe dos filhos. Em entrevista à GQ Brasil, Dalton falou sobre a comunicação nos dias de hoje, a vida recente de papai e, claro, a arte: "teatro é quase um vício".

"Uma peça por Outra" tem 30 anos de história nos palcos. Você já conhecia a peça? Qual o segredo para ela permanecer relevante por tanto tempo?

Não assisti a montagem do Grupo Tapa em 1987, e conhecia apenas um dos esquetes, "Uma Palavra Por Outra". Acho que o segredo dessa peça é a crítica às limitações da comunicação humana.  Como ainda estamos longe de nos comunicarmos por telepatia, sinto que a peça se manterá relevante por muito tempo.
Dalton Vigh  (Foto: Michael Willian)

A obra aborda a comunicação entre as pessoas, e você acaba de falar de uma hipotética comunicação por telepatia. Como vê a relação das pessoas em tempos de internet nos dias de hoje?

Antigamente, nas relações familiares e de amizade, as pessoas se visitavam, telefonavam ou mandavam telegramas ou cartas. Hoje em dia, troca-se likes e formam-se grupos de Whatsapp. Acho que, até por conta da facilidade de se estabelecer contato, as relações acabaram ficando mais distantes, mais impessoais.

Por falar nisso, você já se deparou com algo desagradável sobre você nas redes sociais?

Como não tenho o hábito de frequentar redes sociais, nunca.

A peça é um grande sucesso. Assim como outros atores, você também se sente mais à vontade no teatro?
Costumo dizer que teatro pra mim é esporte radical, tamanha a adrenalina que é subir num palco. O que o torna quase um vício. Me sinto à vontade fazendo TV ou cinema, pois sei que, se errar ou não estiver fazendo a cena direito, posso parar e voltar do começo. No teatro, não tem essa moleza...


Se tivesse que fazer uma autoavaliação sobre a carreira, onde você teve mais sucesso: no cinema, no teatro ou na televisão, onde você voltará a aparecer na quarta temporada da série 'O Negócio', da HBO?

Se eu for levar em consideração o número de trabalhos e a variedade de personagens, talvez a TV leve vantagem. Acho que ainda me faltam algumas peças e muitos filmes no currículo...

Você e Camila Czerkes, sua esposa, passaram a contracenar juntos no teatro poucos meses depois do nascimento dos gêmeos. Como foi tomada essa decisão do casal? E como tem sido a agenda dos papais? 

Ficamos muito felizes e animados com o convite, primeiro por ser uma homenagem ao Tapa e também por ser mais uma oportunidade de trabalharmos juntos. Mas, claro, antes de aceitarmos nos cercamos de ajuda  - leia-se: babá e vovó -  para podermos deixar os meninos em casa com tranquilidade. Sem elas, isso não seria possível.

Fonte:GQ

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Uma Peça Por Outra no Teatro Nair Bello!!

O espetáculo de comédia ‘Uma Peça por Outra’ irá prorrogar a sua temporada e agora tem nova casa: Teatro Nair Bello, em São Paulo. Depois de sucesso no Teatro Aliança Francesa, o espetáculo tem reestreia marcada para o dia 9 de junho.
Com grandes atores como Dalton Vigh, Camila Czerkes e direção de Brian Penido Ross e Guilherme Sant’Anna, ‘Uma peça por Outra’ traz uma miscelânea de peças curtas de Jean Tardieu, premiado dramaturgo francês e grande expoente do Teatro do Absurdo. Neste espetáculo, o tema central da trama é a discussão da linguagem.
Cada esquete tem sua característica. Em ‘Só Eles o Sabem’ a crítica será ao subtendido e a brincadeira acerca da comunicação entrelinhas. ‘Havia Uma Multidão No Solar’ é uma enorme e divertida coleção de clichês. Apesar dos textos terem sido escritos entre 1955 e 1975, a obra do dramaturgo francês é bem atual e revela a dificuldade de comunicação entre as pessoas. 

Fonte: Globo Teatro

domingo, 21 de maio de 2017

Uma Peça Por Outra

Dalton Vigh está animado com o sucesso de sua atual peça de teatro, Uma Peça Por Outra, que está em cartaz no teatro Aliança Francesa, em São Paulo. A montagem acaba de ter a temporada prorrogada e mudará de teatro a partir de 9 de junho, indo para o Nair Bello, também na capital paulista.
“Estou muito contente principalmente porque o público vem aumentando a cada semana e isso é sinal que está rolando o boca a boca, que é a melhor propaganda que qualquer peça pode ter”, disse ele para a CARAS Digital.
Na peça, Dalton atua ao lado de sua mulher, Camila Czerkes, com quem tem os filhos gêmeos Arthur e David.
A encenação fala sobre os desafios da comunicação entre as pessoas. “Acho que hoje em dia a comunicação está mais comprometida do que nunca. Nesses tempos de internet é assustador ver como as pessoas não sabem nem escrever, nem ler... é só dar uma olhada nos comentários de notícias, de vídeos e das redes sociais. As pessoas estão mais preocupadas em emitir uma opinião mesmo sem ter pleno (ou mesmo qualquer) conhecimento do assunto em questão. A impressão que tenho é que todos querem falar, mas ninguém quer ouvir, aí não existe comunicação, existe só ruído”, afirmou.

Fonte: Caras Digital