segunda-feira, 23 de julho de 2018

Dalton Vigh em filme sobre Allan Kardec

Sucesso em As Aventuras de Poliana, do SBT, Dalton Vigh será o Sr. Durfaux no filme sobre Allan Kardec. Na história, Durfaux é membro da nobreza, amigo do imperador e acaba conhecendo Kardec por intermédio de sua filha.
Ele é pai da médium francesa Ermance Dufaux --autora de livros psicografados como “A História de Joana D´Arc - Ditada por Ela Mesma”. Na história, Dufaux é um membro da nobreza, amigo do imperador e acaba conhecendo Kardec (int... - Veja mais em https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/ooops/2018/07/21/dalton-vigh-entra-em-kardec-um-dos-filmes-mais-esperados-do-ano.htm?cmpid=copiaecola
Atualmente no ar na TV aberta (em “As Aventuras de Poliana”), o ator Dalton Vigh entrou no elenco de “Kardec”, um dos filmes nacionais mais aguardados do ano. Na história sobre Allan Kardec (1804-1869), fundador do espiritismo,... - Veja mais em https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/ooops/2018/07/21/dalton-vigh-entra-em-kardec-um-dos-filmes-mais-esperados-do-ano.htm?cmpid=copiaecola
Atualmente no ar na TV aberta (em “As Aventuras de Poliana”), o ator Dalton Vigh entrou no elenco de “Kardec”, um dos filmes nacionais mais aguardados do ano. Na história sobre Allan Kardec (1804-1869), fundador do espiritismo,... - Veja mais em https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/ooops/2018/07/21/dalton-vigh-entra-em-kardec-um-dos-filmes-mais-esperados-do-ano.htm?cmpid=copiaecola
Atualmente no ar na TV aberta (em “As Aventuras de Poliana”), o ator Dalton Vigh entrou no elenco de “Kardec”, um dos filmes nacionais mais aguardados do ano. Na história sobre Allan Kardec (1804-1869), fundador do espiritismo,... - Veja mais em https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/ooops/2018/07/21/dalton-vigh-entra-em-kardec-um-dos-filmes-mais-esperados-do-ano.htm?cmpid=copiaecola
Atualmente no ar na TV aberta (em “As Aventuras de Poliana”), o ator Dalton Vigh entrou no elenco de “Kardec”, um dos filmes nacionais mais aguardados do ano. Na história sobre Allan Kardec (1804-1869), fundador do espiritismo,... - Veja mais em https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/ooops/2018/07/21/dalton-vigh-entra-em-kardec-um-dos-filmes-mais-esperados-do-ano.htm?cmpid=copiaecola

terça-feira, 10 de julho de 2018

Feliz Aniversário!!

No ar em As Aventuras de Poliana, Dalton Vigh celebra aniversário nesta terça, 10.
  
Hoje é dia de festa para Dalton Vigh! O ator completa 54 anos de vida neste 10 de Julho! Com 22 anos de carreira na TV, Dalton passou pela Manchete, SBT, Record, TV Cultura (numa participação em Sãos e Salvos), Rede Globo e neste ano regressou ao SBT, onde fez o remake de Os Ossos do Barão e Pérola Negra, seu trabalho mais lembrado no canal de Sílvio Santos.

Tomás Álvares Toledo: primeiro protagonista no SBT

Said, Clóvis e Ferraço: três personagens de grande destaque na Rede Globo

Dalton interpretou Raposo na primeira e na segunda fase de Liberdade Liberdade: último personagem que fez na Rede Globo. Dalton se despediu da trama das 23h para se dedicar à esposa, então grávida dos gêmeos.



Atualmente, ele vive o misterioso Sr Pendleton de As Aventuras de Poliana, trama infanto-juvenil que marca sua volta ao SBT após quase 20 anos.



 Feliz também na vida pessoal, Dalton é casado com a atriz Camila Czerkes desde 2012. Dessa união, nasceram os gêmeos David e Arthur, que farão 2 aninhos no dia 16 de Julho.



terça-feira, 3 de julho de 2018

Paizão!

Cercado de crianças em ‘As aventuras de Poliana’, Dalton Vigh curte filhos gêmeos fora da TV

Dalton Vigh é um homem amargurado em “As aventuras de Poliana” Foto: Michael William


Poder voltar para casa após um dia inteiro de trabalho foi um dos fatores que motivou Dalton Vigh a ter um reencontro com o SBT, exatamente duas décadas depois de fazer o primeiro protagonista de sua carreira, em “Pérola negra”. Pai dos gêmeos Arthur e David — que completam dois anos em 16 de julho — o intérprete do amargurado Pendleton em “As aventuras de Poliana” comemora o fato de estar trabalhando em São Paulo, o que lhe garante ficar próximo dos filhos, frutos do casamento com a atriz Camila Czerkes.

— Além do carinho que tenho pelo SBT, gravar na cidade onde moro foi determinante para aceitar este convite. Nem me lembrava mais o que era trabalhar e voltar pra casa. Com o tempo, passar a semana em outro estado cobra um preço físico e emocional. É uma bênção estar perto dos meus pequenininhos — diz o ator de 53 anos, que fez seu último trabalho na Globo em “Liberdade, liberdade” (2016).
Dalton com a mulher e os filhos gêmeos
Dalton com a mulher e os filhos gêmeos Foto: Reprodução do Instagram

A paternidade tem brindado Dalton com descobertas.
— A cada dia, os meninos têm uma novidade. É um amor que me tomou por inteiro — derrete-se, ainda sem saber se pretende aumentar a família: — Vira e mexe, Camila fala em ter uma menina. Pode ser que daqui a algum tempo.
Se em casa Dalton não tem uma garotinha para brincar e trocar experiências, Sophia Valverde, de 12 anos, cumpre esse papel em “As aventuras de Poliana”. Na trama de Iris Abravanel, Pendleton teve uma filha com a mãe de Poliana. Com a morte da herdeira, se aproximou da protagonista da história:
Dalton Vigh em cena com Sophia Valverde em “As aventuras de Poliana”
Dalton Vigh em cena com Sophia Valverde em “As aventuras de Poliana”
 
— Pendleton projeta a filha que perdeu em Poliana. Ele conhece a maior dor que um ser humano pode sentir, por isso é amargo, soturno. Com a chegada dos meus meninos, consigo dimensionar melhor o que pode ser essa tragédia.


Fonte: Sessão Extra

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Entrevista - OBSERVATÓRIO DA TELEVISÃO

Dalton Vigh
Depois de anos atuando na Rede Globo em grandes sucessos como O Clone, A Casa das Sete Mulheres e Duas Caras, Dalton Vigh retorna ao SBT. Seu último trabalho na emissora foi em Pérola Negra (1996), onde interpretou o protagonista Tomás. Em As Aventuras de Poliana, ele é vilão Otto Pendleton, gênio da tecnologia. Um homem ranzinza que deseja encontrar a fórmula secreta para que o ser humano pare de sofrer.
Com o passar dos capítulos, o personagem de Dalton irá melhorar seu humor graças ao convívio com as crianças. O folhetim infantil que já é um sucesso estrondoso na audiência, marca o primeiro projeto infantil do ator. Ainda em 2018, ele estreará o filme A Divisão, que será transformado em série para o Multishow. Confira a entrevista completa abaixo:


Dalton, como foi voltar ao SBT após 22 anos desde o seu último papel na emissora? Como surgiu o convite?
É sempre muito bom saber que mesmo depois de vinte anos seu trabalho continua sendo valorizado e prestigiado. A recepção que eu tive aqui foi de braços abertos. Me chamaram pra fazer uma leitura para a personagem. Como correu tudo bem, acertamos.

Este é o seu primeiro personagem em uma produção infantil? Você está gostando desta experiência?
Sim. Mas antes eu já tinha feito a produção juvenil que tinha sido “Malhação” em 2004. Estou achando ótimo trabalhar com as crianças, gravo direto com elas. É muito legal, criança sempre alegra o ambiente. Eles são super profissionais.

Hoje você trabalha através de contrato por obras, certo? Você acredita que para os atores este é o meio mais vantajoso de se trabalhar? Você possui mais liberdade de analisar  obras e produções desta forma?
Quando você está trabalhando por obra você tem mais liberdade para escolher, mais disponibilidade. Já com um contrato de prazo longo com a emissora você tem a estabilidade. Quer dizer, aí depende do que é prioridade pra cada ator.

Dalton Vigh ainda falou sobre seus novos projetos

Além de “As Aventuras de Poliana” você filma também o longa “A Divisão” que após exibição nas telonas será exibido como série no Multishow, correto? Você pode nos falar um pouco sobre o seu personagem nesta série?
Meu personagem é um deputado estadual em campanha pro governo do estado que tem a filha sequestrada. Esse caso deu início a formação da Divisão de Antissequestros. É uma obra que é baseada em fatos reais.

As Aventuras de Poliana no SBT, no cinema com o filme Nada A Perder sobre o dono da Rede Record e a série A Divisão do Multishow. Todas estas produções contam com o seu nome no elenco. Em 2018 você ainda deseja fazer mais alguma coisa ou o foco neste momento é a atuação na novela do SBT?
Esse ano também estive no ar na última temporada de O Negócio, da HBO. Tem a segunda parte do Nada a Perder que será lançado em 2019 e Poliana que acho que ficará até 2019 também. Estou nesse momento rodando um longa e acabei de acertar outro (longa) pra esse ano ainda!


Foto: Michael William

terça-feira, 29 de maio de 2018

Entrevista - Quem Acontece

Dalton Vigh volta à TV e fala sobre dedicação aos filhos gêmeos

Ator, que vive um dos protagonistas de 'Aventuras de Poliana', no SBT, conta que é bem ligado aos pequenos Arthur e David: "Demorei para ser pai, agora quero curti-los de perto"


Dalton Vigh (Foto: Michael Willian)

Dalton Vigh, 53 anos, está de volta à televisão em As Aventuras de Poliana, nova novela do SBT, interpretando o misterioso Sr. Pendleton, antagonista da trama. Pai de gêmeos, Arthur e David, de 1 ano e 10 meses, do casamento com a atriz Camila Czerkes, o ator fala sobre a experiência com os meninos. "Fui pai tarde, mas meus meninos vieram em um ótimo momento. Hoje, consigo organizar melhor meu tempo, meus compromissos", diz.
Morando em São Paulo, ele afirma que evitar o desgate da ponte-aérea e ficar mais tempo com os filhos é motivo de alegria. "Neste momento, com meus filhos ainda tão novinhos, trabalhar em São Paulo é ideal. Gosto de dividir as atividades com a minha mulher, participar e acompanhar o crescimento dos meninos. Quero curti-los de perto."

QUEM: Como surgiu a chance de participar de As Aventuras de Poliana?
DALTON VIGH:
Fui convidado para uma leitura de texto com a equipe. A partir daí, foi definido que faria o Otto, um cara misterioso que vai despertar a curiosidade das crianças da vizinhança onde vive apenas com um cachorro.


QUEM: É muito diferente trabalhar em um produto voltado para crianças?
D.V.:
Como ator, o trabalho é o mesmo. Não existe uma diferença no trabalho. Tenho texto para estudar, caracterização, horas de gravação... A diferença que existe é que tomamos certos cuidados nos intervalos. Por estarmos cercados de crianças, não vamos ficar fazendo piadinhas de duplo sentido.


QUEM: Como está seu ritmo de gravações?
D.V.:
Comecei a gravar depois de parte do elenco porque o cenário do Otto demorou um pouco mais para ficar pronto. Depois que foi finalizado, entrei para as gravações e aí é pique total.


Dalton Vigh e Sophia Valverde (Foto: Divulgação/SBT)

QUEM: O Otto tem uma aura de mistério em volta dele e as crianças têm medo de chegar perto. Ele chega a ser um dos vilões da trama?
D.V.:
Ele é o antagonista, um dos vilões. Ele é um cara desencantado com a vida. Já perdeu a mulher e a filha. Desde então, focou no trabalho e se tornou um cara poderoso nos negócios, mas tem uma lacuna, um vazio pessoal, mas a Poliana vai acabar amansando este cara. Ele será conquistado pela doçura desta menina.


QUEM: Muitas das suas cenas são com a Sophia Valverde. Como é trabalhar com ela?
D.V.:
Ela é uma excelente atriz. Disciplinada, educada, chega com o texto estudado, tudo certinho. É um prazer trabalhar com a Sophia. Ela não tem comportamento deslumbrado, não se comporta com estrelismo. A mãe dela está sempre ali por perto, educando.


Patricia De Sabrit e Dalton Vigh na novela Pérola Negra, em 1998 (Foto: Divulgação/SBT)

QUEM: Você já tinha trabalhado no SBT em Pérola Negra, em 1998. Ainda é muito lembrado por este papel?
D.V.:
Tenho ótimas lembranças! Não éramos um elenco numeroso e tinha muitas cenas para gravar. Já tinha feito alguns trabalhos e o Tomás foi meu primeiro protagonista. Ele era o galã, mas tinha uma pitada de humor. A novela tinha uma linguagem muito boa, com leveza... Essa volta para o SBT tem esse lado do carinho também. Tive uma grande oportunidade profissional logo no início da minha carreira. Fiz vários amigos naquela época e foi uma escola. Em Pérola Negra, tinha muitas cenas por dia, um grande volume delas com a Patrícia de Sabrit.


QUEM: Embora não tivesse crianças como público-alvo, Pérola Negra tinha muitos telespectadores mirins. Te anima fazer um trabalho voltado para este público específico?
D.V.:
Gosto que existam trabalhos para crianças, mas Poliana é uma novela para a família. Acho que vamos conquistar diferentes públicos.


Dalton Vigh com a mulher, Camila Czerkes, e os filhos gêmeos  (Foto: Reprodução/Instagram)

QUEM: Você foi pai em 2016. Como tem sido a descoberta deste universo das crianças?
D.V.:
Fui pai tarde, mas meus meninos vieram em um ótimo momento. Hoje, consigo organizar melhor meu tempo, meus compromissos... Eles são a minha prioridade e acompanhei a rotina dos meninos durante o ano passado. Gosto de participar de tudo.


QUEM: Acabei de ouvir a voz de um deles ao fundo. Eles já falam?
D.V.:
Já começaram, sim. Mas falam pouco ainda. Um fala mais; outro, menos. É uma fase muito gostosa. Eles estão crescendo e interagindo mais... Estar com a minha família é uma prioridade, sem dúvida.


QUEM: Você mora em São Paulo e as gravações de Poliana também são aqui. Esse facilitador contou ponto para que aceitasse o papel?
D.V.:
Claro! Gravar uma novela no Rio é cansativo para quem mora e tem família em São Paulo. Por mais que sejam oferecidas boas condições para o deslocamento, perde-se muito tempo entre ir até o aeroporto, esperar o avião, contar que o voo não atrase, chegar no Rio, encarar mais trânsito... Neste momento, com meus filhos ainda tão novinhos, trabalhar em São Paulo é ideal. Gosto de dividir as atividades com a minha mulher, participar e acompanhar o crescimento dos meninos. Demorei para ser pai, agora quero curti-los de perto.


Dalton Vigh como o misterioso Sr. Pendleton em As Aventuras de Poliana (Foto: João Raposo/SBT)